Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Blogue do Centro Nacional de Cultura

Um espaço de encontro e de diálogo, em defesa de uma cultura livre e pluridisciplinar. Estamos certos de que o Centro Nacional de Cultura continuará, como há sete décadas, a dizer que a cultura em Portugal vale a pena!

Blogue do Centro Nacional de Cultura

Um espaço de encontro e de diálogo, em defesa de uma cultura livre e pluridisciplinar. Estamos certos de que o Centro Nacional de Cultura continuará, como há sete décadas, a dizer que a cultura em Portugal vale a pena!

Rascunho, 4º aniversário


www.rascunho.net
 

O portal cultural Rascunho assinala este mês o quarto aniversário. Constituído por jornalistas e estudantes de comunicação, procura uma abordagem transversal às várias áreas da cultura: literatura, música, cinema, teatro, dança e arte.

Muito ligado à Web 2.0, o Rascunho está presente em diversas redes sociais (Twitter, MySpace, Facebook) e tem uma rede de blogues associados, quase todos alimentados pelos jornalistas do portal.

Posiciona-se como um sítio de informação independente, sendo o maior em Portugal neste segmento. Tem espaço para notícias, críticas, agenda, crónicas, entrevistas e passatempos, entre outros, privilegiando os actores nacionais em cada área.

No mês do aniversário, prepara-se para fazer duas edições especiais: uma relativa ao Correntes D’Escritas, que arranca amanhã na Póvoa de Varzim; outra dedicada ao Fantasporto. Esta última será desenvolvida em parceria com o Jornal Universitário do Porto.

No passado mês de Janeiro, o Rascunho viu a sua equipa crescer exponencialmente. Segundo Hugo Torres, um dos fundadores e director executivo do portal, o objectivo para 2009 é claro: chegar aos 1000 sites mais lidos em Portugal.

O Rascunho renovou a equipa no início do ano, recrutando novos colaboradores e críticos. Janeiro foi um mês de substancial crescimento para o portal, registando, em relação ao mês anterior uma variação positiva de 31,44% nos novos visitantes, de 79,52% no tráfego directo e de 136,41% no tráfego de referência.

Janeiro foi ainda o regresso dos passatempos ao Rascunho. Também aí o saldo tem sido positivo, com uma excelente participação do público – em alguns casos, o número de participantes atinge a casa dos milhares.