Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Blogue do Centro Nacional de Cultura

Um espaço de encontro e de diálogo, em defesa de uma cultura livre e pluridisciplinar. Estamos certos de que o Centro Nacional de Cultura continuará, como há sete décadas, a dizer que a cultura em Portugal vale a pena!

Blogue do Centro Nacional de Cultura

Um espaço de encontro e de diálogo, em defesa de uma cultura livre e pluridisciplinar. Estamos certos de que o Centro Nacional de Cultura continuará, como há sete décadas, a dizer que a cultura em Portugal vale a pena!

LONDON LETTERS

The Tory star Camborne 1.JPG

The Tory star Camborne, 2015-20

O debate orçamental tem os seus Orwellian moments, mas sagra o Chancellor of the Exchequer como o Tory Crown Prince. Com a atenção da City desviada para as crises em Greece e China, e ainda protestos anti austeridade em Westminster Square a par de uma fresca chuva para arrefecer ânimos mais exaltados, July 8 fica no calendário da House of Commons como o Osborne's big day. Tal qual em Brussels July 12 datará uma capitulação helénica que repisa um Treaty of Brest-Litovsk em 1918 imposto aos bolcheviques.

The Tory star Camborne 2.JPG

 

A Eurozone exige a Athens €50b em ativos estatais num offshore trust para privatização. — Chérie, parfois le remedè est pire que le mal! A disciplina alemã envolve Athens após 17 horas de tensas negociações num Euro Summit que adia a Grexit, com Berlin e Paris nos papéis de bad cop/good cop. — Hmm. A good word costs no more than a bad one. Em Wimbledon, é outro clássico trio: Mr Andy Murray perde para Mr Roger Federer que perde para Mr Novak Djokovic. Srebrenica revive o massacre de 8,000 muçulmanos numa Bosnia ainda dividida 20 anos depois. The Queen prepara o seu 90th anniversary com um piquenique para 10,000 pessoas vindas de todo o reino, agendado para 2016 June 12.

The Tory star Camborne 3.JPG 
Fantastic sunny days at London, with spells of rain among fresh and cooler North winds. Wimbledon e o Palace of Buckingham atraem fotos e olhares dos fervilhantes turistas em volta. E quão excitantes são estes dias. Nos relvados do All England Club é o Roger and Murray out nas meias finais até aos triunfos de Mr Novak Djokovic e Ms Serena Williams no Grand Slam. A tranquilidade é também polvilhada pelo som de gloriosas máquinas voadoras em St James. Passam 75 anos sobre o início da Battle of Britain e da glória de quantos Sir Winston Churchill aponta à posteridade como obviando a invasão nazi ao garantir a supremacia nos céus face à temível Luftwaffe. A Queen e os Princes Philip, William e Edward saúdam o voo de Spitfires e Hurricanes, mas sobretudo homageiam o espírito britânico e agradecem a bravura dos the last of The Few — veteranos como o squadron leader Tony Pickering, o wing commander Paul Farnes ou o flying officer Ken Wilkinson. As Armed Forces recebem até boas notícias: o UK cumpre com a meta orçamental da NATO de afetar 2% do GDP à segurança e defesa.

Neste ambiente de traditional & happy cosmopolitism se ergue RH George Gideon Osborne como futuro candidato à Premiership pelos conservadores. O Chancellor prometera a bold Summer Budget e cumpre com radical proposta. Anuncia “a compulsory national living wage of £9 an hour by 2020” e retira das mãos do rival Labour a bandeira do “minimum wage” que antes criticara para por instantes levar o seu partido ao rubro. “Fantastic,” grita o habitualmente reservado Work & Pensions Secretary, RH Ian Duncan Smith, em acesa sessão nos Commons. O dá-e-tira exige muitas contas, porém, pois é diferenciado no tempo. Para já congelam-se ou extinguem-se benefícios sociais enquanto os aumentos salariais são progressivos na legislatura. No insuspeito The Times escreve Mr David Aaronovitch fina bissetriz: "Blessed are the rich, for they shall inherit more. The limit on child tax credit penalises the poor at the same time as inheritance tax changes benefit the wealthy." Já o insuspeitíssimo Institute of Fiscal Studies nota pela análise de Mr Paul Johnson que “benefit freeze to hit 13m families.” Isto é: os “big losers” das novas políticas do blue collar conservatism são os pobres que trabalham.

The Tory star Camborne 4.JPG
Ainda no No. 11 de Downing St. regressa à poker face que o carateriza o antigo speechwriter de RH William Hague quando Conservative Party Leader. A aura de The Next Prime Minister aguarda sólida prova nas medidas do Exchequer inscritas na Finance Bill 2015, lei de July 15th que pavimenta os debates nas Houses of Parliament a par da Charter for Budget Responsibility. No entretanto avultam os devil details do “Greece Deal” que assombrará a Europen Union por muito tempo. O Spielgel chama-lhe “Der katalog der grausamkeiten”: o catálogo de crueldade! O estado da matéria revela maior grandeza líquida noutras altitudes. A Nasa’s New Horizons aproxima-se de Pluto na first scientific observation de um quase-planeta descoberto em 1930 e do qual tanto se especula quanto pouco sabemos, ora finalmente passível de real escrutínio numa missão que soma nove anos de vida e 4.67 mil milhões de milhas de viagem interestelar. Na gasosa eternidade voga já Mr Michel Demitri Shalhoub aka Omar Sharif, um bridge player que parte aos 83 anos legando-nos no cinema um inesquecível Doctor Zhivago (1965) e uma fantástica parceria anglo-árabe com Mr Peter O'Toole em Lawrence of Arabia (1962). — Well! Handsome is as handsome does.


St James, 13th July

Very sincerely yours,

V.