Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Blogue do Centro Nacional de Cultura

Um espaço de encontro e de diálogo, em defesa de uma cultura livre e pluridisciplinar. Estamos certos de que o Centro Nacional de Cultura continuará, como há sete décadas, a dizer que a cultura em Portugal vale a pena!

Blogue do Centro Nacional de Cultura

Um espaço de encontro e de diálogo, em defesa de uma cultura livre e pluridisciplinar. Estamos certos de que o Centro Nacional de Cultura continuará, como há sete décadas, a dizer que a cultura em Portugal vale a pena!

LONDON LETTERS

 

The Great Train Robbery, 1963-2016

Character. Ou The ideas that makes us. Os primeiros sons do programa da Dr Bettany Hughes na BBC Radio 4 transportam até North Greece, em época alta de escavações arqueológicas. Começa a nova série da street philosophy, com ambição cultural de revelar “the history of the most influential ideas in the story of civilisation.”

A abrir hábil digressão pelos tempos disseca-se uma caraterística fundamental do desenvolvimento humano: o caráter individual, que molda os nossos atos e conforma os ambientes em volta. — Chérie! Voudriez-vous danser avec moi? A falta de experiência, valores e caráter é a mais recente linha de fogo erguida nos USA contra o Trumpism. Por cá é a ongoing saga do Labour Party. O reino permanece sem o contributo da Her Maj Loyal Opposition, mas tem red strikes. Em 1963 acorda com a notícia do estranho “robbery of the mail train.” — Humm! All sins cast long shadows. O Bank of England corta os juros para 0,25 p, em mínimo histórico recuado a 1694. O Emperor Akihito of Japan prepara inédita abdicação constitucional. Turkey cai sob manto de silêncio, um mês depois do falhado golpe de estado. Nos Rio 2016 Olympics, aos 21 e após 4 anos de intenso treino diário, Mr Adam Peaty bate o recorde dos 100m na natação e ganha a primeira medalha de ouro para o Team GB. Já o International Paralympic Committee bane a Russia da competição por “state sponsored doping” e censura a mentalidade de “medals above morals” na sportmanship

O caos anunciado no Southeast compara com a vida interna do Labour Party, cujo Red Leader quer agora renacionalizar os carris. A agitação da bandeira sindical no deserto da Her Majesty Most Loyal Opposition iguala o ciclo das manifs em Westminster Square: não obscurece a maior das confusões que vai pela tenda outrora governada por estadistas como RH Clement Attlee (1883-1967). A on following campanha eleitoral pela direção é disputada em puro estilo hobbesiano da “war of all against all.” Enquanto o reino caminha para fora da European Union, os trabalhistas discutem nos corredores quem trai quem, debatem nos jornais quem tem caráter ou possui princípios, já marchando pelos tribunais para dirimir quem é ali elegível e nele vota! A power play apresenta até uma singularíssima rivalidade familiar: aprovada a moção de desconfiança contra Comrade Jez por ¾ dos Lab MPs e afastada RH Angela Eagle da corrida pela liderança em quadro de violenta misoginia, avança incógnito político para lancetar aquilo que Tovaritch Vladimir Ilyich U Lenin em 1920 qualifica como doença infantil do comunismo: o esquerdismo. Ora, do debate havido entre o aged hippie do Morning Star e RH Owen Smith resulta tão só a dúvida sobre qual dos dois argumenta a melhor venda das left-wing ideas que por ali hoje circulam. Uma linha, porém, os diferencia. Enquanto o sobrevivo oponente quer segundo euroreferendo, o honorável Jezza confirma a não oposição à Brexit.Sky with beam clouds at London. Em idêntico dia solar de 1609 aprecia o senado da Serenissima Venezia o espantoso telescópio de Messer Galileo Galilei, com o qual o humanista mapeia a topografia lunar e descreve os anéis de Jupiter. Em tarefa diversamente ciclópica andam os milhões de passageiros da Southern Rail, companhia por cá cognominada como WP&YD ou We Pay & You Delay. Fleuma, atrasos e cancelamentos nas viagens pendulares de quantos usam os combóios de Victoria Station é a agenda de alto transtorno e custos. Uma greve de cinco dias está por aqui em curso, a fim de coagir negociações laborais sobre a mais extraordinária das questões: as portas automáticas nas carruagens e o papel dos condutores. A última paralização do género data de 1968, dura 12 dias e visa aumento salarial de 9% sob a state ownership epocal. Cinco anos antes, a 8 August 1963, 15 ladrões e três cúmplices de gabarito cometem o espetacular assalto do Mail Train junto à Bridego Railway Bridge, em Buckinghamshire (Eng), roubando 120 sacos com notas no valor global de £2.6 million. Quando a Scotland Yard finalmente prende o infame Mr Ronnie Biggs em cat-and-mouse file, já a ferrovia ruma para as privatizações ― sob o aplauso dos viajantes, pois alguém andara durante décadas looking through the wrong end of the telescope.

O caos anunciado no Southeast compara com a vida interna do Labour Party, cujo Red Leader quer agora renacionalizar os carris. A agitação da bandeira sindical no deserto da Her Majesty Most Loyal Opposition iguala o ciclo das manifs em Westminster Square: não obscurece a maior das confusões que vai pela tenda outrora governada por estadistas como RH Clement Attlee (1883-1967). A on following campanha eleitoral pela direção é disputada em puro estilo hobbesiano da “war of all against all.” Enquanto o reino caminha para fora da European Union, os trabalhistas discutem nos corredores quem trai quem, debatem nos jornais quem tem caráter ou possui princípios, já marchando pelos tribunais para dirimir quem é ali elegível e nele vota! A power play apresenta até uma singularíssima rivalidade familiar: aprovada a moção de desconfiança contra Comrade Jez por ¾ dos Lab MPs e afastada RH Angela Eagle da corrida pela liderança em quadro de violenta misoginia, avança incógnito político para lancetar aquilo que Tovaritch Vladimir Ilyich U Lenin em 1920 qualifica como doença infantil do comunismo: o esquerdismo. Ora, do debate havido entre o aged hippie do Morning Star e RH Owen Smith resulta tão só a dúvida sobre qual dos dois argumenta a melhor venda das left-wing ideas que por ali hoje circulam. Uma linha, porém, os diferencia. Enquanto o sobrevivo oponente quer segundo euroreferendo, o honorável Jezza confirma a não oposição à Brexit.


 

A tragédia laborista é desoladora no todo, mas uma sucessão de casos ilustra a deriva partidária à esquerda e à direita. Melhor que o drama corbynista só mesmo a revelação da nova estrela em programa televisivo: nenhum outro senão o ex Shadow Chancellor no Labour Team do ora smitheano Mr Ed Miliband. Na sequência da dura derrota em 2015 e sequente perda do lugar na House of Commons como MP por Morley and Outwood, a entrada no concurso Strictly Come Dancing da BBC1 é publicamente rotulada por Mr Ed Balls como "a dream come true." Outros inquietos antes se movem no xadrez local. RH Andy Burnham sai de Westminster e apresenta-se nas mayoral elections de 2017 como candidato em Greater Manchester. O Lab MP por Leigh e ex Shadow Home Secretary testa o futuro na problemática fronteira North/South. Mas o estado das demais oposições revela reação de análoga combustão no post-Brexit UK. Com os Lib Dems desaparecidos em combate, ou talvez salutarmente a banhos pelo persistente quarto lugar nas sondagens, o Ukip revela dificuldades na sucessão do MEP Nigel Farage. Basta dizer que o favorito Mr Steven Woolfe não consta na lista do sufrágio por atraso de 17 minutos na entrega da candidatura. Restam uma senhora que quer encerrar as “Islamic faith schools” e ainda banir o véu de "public buildings, shopping centres and on buses and trains", mais vários senhores de credenciais insondadas. Daí as preferências eleitorais hegemonizarem o SNP em Scotland e agigantarem os horizontes dos Conservatives para as legislativas de 2020. Premeiam a regularidade. Na governação, a Prime Minister RH Theresa May acaba até de lançar bemvindas propostas do clássico tipo Yes, but: a energia por fratura hidráulica e a seleção académica via Grammar Schools. Aliás, sob suavíssima persuasão de Downing Street, até mesmo a City analisa the best way of Brexiting nestes dias próprios para readings &co.


Art for all
é o nome dado pela University of Oxford ao projeto da free online collection das suas fantásticas obras de arte, disponibilizando já cerca de 212,000 óleos e afins em art.uk.org. A iniciativa cabe ao Ashmolean Museum of Art and Archaeology, original casa de curiosidades estabelecida em 1683, quando o Duke of Brunswick-Lüneburg e Prince-elector do Holy Roman Empire ascende ao trono como George II e segura a linhagem britânica da House of Hanover. Se a mostra digital das galerias não supre a real deambulação pelo museu de Beaumont St, vale pelos belos artefactos e ainda pela inspiração dobrada do azul oceânico na paisagem de fundo.

Well! Let us just remember the temperate wording of Master Will in his Sonnet 18: Sometime too hot the eye of heaven shines, / And often is his gold complexion dimm'd; / And every fair from fair sometime declines, / By chance, or nature's changing course, untrimm'd; / But thy eternal summer shall not fade / Nor lose possession of that fair thou ow'st; / Nor shall Death brag thou wander'st in his shade, / When in eternal lines to time thou grow'st; / So long as men can breathe or eyes can see, / So long lives this, and this gives life to thee.

 

St James, 8th August

Very sincerely yours,

V.