Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Blogue do Centro Nacional de Cultura

Um espaço de encontro e de diálogo, em defesa de uma cultura livre e pluridisciplinar. Estamos certos de que o Centro Nacional de Cultura continuará, como há sete décadas, a dizer que a cultura em Portugal vale a pena!

Blogue do Centro Nacional de Cultura

Um espaço de encontro e de diálogo, em defesa de uma cultura livre e pluridisciplinar. Estamos certos de que o Centro Nacional de Cultura continuará, como há sete décadas, a dizer que a cultura em Portugal vale a pena!

O BEM

 

E sobre que delícias e certezas

Ninguém compreendia

 

Mas sabiam que a memória desconhecida

Faria melhor do que a esperança

E a vida

 

Com sementes ao vento

E sem cuidar o mal

Enrolar-se-ia

Na bola de cristal

 

Que reuniria o olhar e o pensar

Unindo desejo e despertar

Para lá do gradeamento

Profundo

 

E o tempo desanuviado e resplandecente

Caule de luz, delicia, certeza

A entrar na história

Sussurro

 

Lá onde se guardam os dias

Entre tantos pássaros

Que hão-de vir

 

Para que o seu cantar escoe o medo

E este

Sorridente e renascido

Num alvorecer

 

De Primavera 

 

 

Teresa Bracinha Vieira

Dezembro 2017