Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Blogue do Centro Nacional de Cultura

Um espaço de encontro e de diálogo, em defesa de uma cultura livre e pluridisciplinar. Estamos certos de que o Centro Nacional de Cultura continuará, como há sete décadas, a dizer que a cultura em Portugal vale a pena!

Blogue do Centro Nacional de Cultura

Um espaço de encontro e de diálogo, em defesa de uma cultura livre e pluridisciplinar. Estamos certos de que o Centro Nacional de Cultura continuará, como há sete décadas, a dizer que a cultura em Portugal vale a pena!

O Passeio de Ulisses: Viagem pela Literatura Irlandesa

 

Considerada Cidade da Literatura pela UNESCO em 2010, Dublin merece totalmente o epíteto ao ter servido de berço a alguns dos mais influentes escritores da contemporaneidade como Jonathan Swift, Oscar Wilde e James Joyce. Ao longo do século XX, a literatura irlandesa conquistou quatro Prémios Nobel: o dramaturgo George Bernard Shaw (autor da famosa peça Pigmalião), os poetas William.Butler.Yeats, Seamus Heaney e Samuel Beckett. Mais recentemente, a Irlanda foi pátria de vários autores distinguidos com o Booker Prize (o mais importante prémio literário de língua inglesa) como Iris Murdoch (em 1978), John Banville (2005) ou Anne Enright (2007).

 

De 5 a 12 de abril, na companhia da jornalista e escritora Maria João Martins (que, no ano passado, guiou, também os viajantes do CNC, pela Inglaterra de Virginia Woolf), seguiremos os passos destes e outros grandes autores Na capital do país, Dublin visitaremos o Writers Museum, o Trinity College, a St. Patricks Cathedral, a National Library em Kildare Street  e a famosa Martello Tower, local de inspiração para “Ulisses”. Iremos também ao Museu James Joyce, bem como ao local de nascimento de George Bernard Shaw e ao Museu Nacional da Irlanda.

 

Ao abandonarmos a cidade, faremos uma excursão a Sligo, passando por Longford e as suas associações literárias Iremos também visitar o túmulo de Yeats no Cemitério de Drumcliffe, rumaremos  a Connemara e às majestosas paisagens em que o poeta mais celebrado da Irlanda viveu, escreveu e amou..

 

Passaremos também pela cidade de Tarbert, onde anualmente se reúnem escritores de todo o mundo. Iremos ao Parque Natural de Killarney, com seus lagos e montanhas bem como à esplêndida Muckross House, mansão vitoriana mundialmente conhecida pelos seus jardins. De regresso a Lisboa, voltaremos, com outro apetite, aos clássicos destes escritores. Conhecido o espírito do lugar, alimentar-nos-á agora um secreto enamoramento pela alma irlandesa.

 

Maria João Martins