Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Blogue do Centro Nacional de Cultura

Um espaço de encontro e de diálogo, em defesa de uma cultura livre e pluridisciplinar. Estamos certos de que o Centro Nacional de Cultura continuará, como há sete décadas, a dizer que a cultura em Portugal vale a pena!

Blogue do Centro Nacional de Cultura

Um espaço de encontro e de diálogo, em defesa de uma cultura livre e pluridisciplinar. Estamos certos de que o Centro Nacional de Cultura continuará, como há sete décadas, a dizer que a cultura em Portugal vale a pena!

To be or not to be



To be or not to be: that's the question

William Shakespeare (1564)


A sua identidade?

 


Hamlet: a peça, situada na Dinamarca. Os solilóquios que embelezam e interrompem a linearidade de um personagem-vida, concordando e discordando de si mesmo. O relativismo, o existencialismo e a companhia do eu-céptico. 
 

 


Sonho de uma noite de Verão amores, fadas e humanos e elfos belos e luminosos que orientam o amor.

 

 

Romeu e Julieta :  ó meu lábio, peregrino e solitário…

 

 

Estavam os artistas em pé e por entre nós declamavam, do soneto, as palavras que na folha anunciavam a abertura da estação deste teatro construído a céu aberto e que tão generosamente nos aguarda em cada Maio.

 

Sempre antes de ir releio justas traduções que me não trazem a música da escrita que a cada um soa por florestas, antes me sugerem caminhos adentro das pinhas mais fechadas, e aceito.

 

De que poder tens força tão temível,
(…)

jurar que a luz não favorece o dia?

(…) de onde tens tal fazer, de mal, agrado,

(…) em força e garantia tão dotado

Que o teu pior, em mim, é sumo bem?

 

 

Também Love’s Labour’s Lost (Trabalhos de amor perdidos): num afinal jurar conhecer o que está proibido à mente, num mergulhamos nos livros em busca da luz que nos cega, e desse facto se não importa.

 

O despertar do poder do destino quando tudo permanece tão vivo até aos nossos dias que revisitar todas estas obras é reconhecer que nunca fora delas se viveu.

 

E como os sentires por indícios têm o mérito de operar sondagens em profundidade, aqui deixo outro “iceberg” de Shakespeare, claro!

 

Blow, blow, thou winter wind

Thou art not so unkind

As man´s ingratitude

Freeze, freeze thou bitter sky,
That does not bite so nigh
As benefits forgot

(…)

Thy sting is not so sharp
As a friend remembered not.

 


TERESA VIEIRA

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.