Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Blogue do Centro Nacional de Cultura

Um espaço de encontro e de diálogo, em defesa de uma cultura livre e pluridisciplinar. Estamos certos de que o Centro Nacional de Cultura continuará, como há sete décadas, a dizer que a cultura em Portugal vale a pena!

Blogue do Centro Nacional de Cultura

Um espaço de encontro e de diálogo, em defesa de uma cultura livre e pluridisciplinar. Estamos certos de que o Centro Nacional de Cultura continuará, como há sete décadas, a dizer que a cultura em Portugal vale a pena!

POEMS FROM THE PORTUGUESE

POEMA DE LUÍS FELÍCIO

  


a casa a água anda em volta


a casa a água anda em volta
alguém semeia uma pedra em cima da mesa
onde o pão derradeiramente floresce
alguém sabe que


todo o lugar se cria por desproporção elementar
dos seus elementos


uma paisagem que se nutre
da ausência mesma do seu próprio nome


(como o amor)


in o som e a casa, 2010


the house the surrounding water


the house the surrounding water
someone sows a stone on the table
where the bread ultimately blossoms
someone knows


every place is created by the elementary disproportion
of its elements


a landscape that feeds
on the very absence of its name


(like love)


© Translated by Ana Hudson, 2013
in Poems from the Portuguese