Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Blogue do Centro Nacional de Cultura

Um espaço de encontro e de diálogo, em defesa de uma cultura livre e pluridisciplinar. Estamos certos de que o Centro Nacional de Cultura continuará, como há sete décadas, a dizer que a cultura em Portugal vale a pena!

Blogue do Centro Nacional de Cultura

Um espaço de encontro e de diálogo, em defesa de uma cultura livre e pluridisciplinar. Estamos certos de que o Centro Nacional de Cultura continuará, como há sete décadas, a dizer que a cultura em Portugal vale a pena!

Soneto de pernas para o ar...

 

Tu foste, neste dia, Vasco, ver

a luz dos versos todos que escreveste

e o sentido final do que disseste,

          

p´la mão escura da morte esclarecer

o que Petrarca trazia escondido

e em Shakespeare não fazia sentido,

 

e onde, em Rilke, encontraste romantismo,

e no divino Dante as estações

finais das nossas peregrinações...

E, em ti, ó português, o saudosismo

 

que tantas rimas tuas incendiava

letras de fado, pela madrugada,

pois que é passeio esta vida e mais nada...

Beije-te a luz que o coração amava!

 


Camilo Martins de Oliveira 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.