Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Blogue do Centro Nacional de Cultura

Um espaço de encontro e de diálogo, em defesa de uma cultura livre e pluridisciplinar. Estamos certos de que o Centro Nacional de Cultura continuará, como há sete décadas, a dizer que a cultura em Portugal vale a pena!

Blogue do Centro Nacional de Cultura

Um espaço de encontro e de diálogo, em defesa de uma cultura livre e pluridisciplinar. Estamos certos de que o Centro Nacional de Cultura continuará, como há sete décadas, a dizer que a cultura em Portugal vale a pena!

SONETOS DE AMOR MORDIDO

Savonarola.JPG

4. A JERÓNIMO SAVONAROLA

 

      De teus olhos, Senhor, me afugento,

      eu que tanto deles me aproximei,

      porque já cego sou daquele alento,

      tão duro,de gritar a tua lei!

 

      Bem sei, sei bem que a fúria do tormento,

      que me anima e fere o fraco peito,

      já não será mais o teu mandamento,

      tão justo e bom, que me deixou desfeito...

 

      Mas porque quiseste, Senhor, pedir-me

      a raiva que não tinha nem me cabe?

      Fiz, porque mandaste, sem ouvir-me,

 

      castigar duro mundo que não sabe

      que só contra mim foi o teu caminho:

      nele, contigo só,  fiquei sozinho...,     

 

Camilo Martins de Oliveira

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.